O que acontece se cortarmos o bigode de um gato?

Captura-de-Tela-2015-07-17-às-21.04.56-610x300

Os felinos tem algumas características bastante marcantes no que diz respeito aos seus representantes. Olhos penetrantes, pelos de coloração variada, garras afiadas, dentes vorazes, bigodinhos.

Mas qual seria a função daqueles protuberantes pelinhos que envolvem a boca e as narinas dos felinos? E o que aconteceria se esses pelinhos fossem retirados?

Abaixo iremos lhes contar tudo isso e já de antemão informamos que não se deve de modo algum fazer essa crueldade de retirar os bigodinhos dos gatinhos. Voce vai entender:

O nome dado ao conjunto de 12 fios sensoriais espalhados entre os lábios superiores, bochechas, olhos e queixo, são chamados de vibrissas e são responsáveis pela autoestima dos gatinhos.

O bigode, dos felinos, fazem parte da estrutura de seu sistema sensorial e agem como uma espécie de radar,  e ajudam-nos a se orientarem e lhes dão noção de distanciamento e espaço. E ao serem cortados, acabam projetando no gato uma série de sensações negativas, entre elas a insegurança, e a falta de direcionamento. Ele perde a capacidade de saltar com precisão, e sua locomoção mesmo se torna bem mais cautelosa, devido a ausência desse senso de direção proveniente da ausência dos pelinhos.

Assim sendo, quanto maior os pelos do bigode dos felinos, maior sua capacidade de percepção sensorial, levando inclusive a felinos maiores como leopardos ou guepardos a conseguirem identificar se alguma presa após algum ataque estão vivas ou mortas.

Os pelos do bigode dos gatos também estão relacionados ao humor do gato, se postulando de modo mais sutil ou mais arrepiados de acordo com o modo que os bichanos estão se sentindo.

Fique de olho no seu pet!

 

 

fonte:http://www.fatosdesconhecidos.com.br

Você também vai gostar:

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.

*