Médico mostra como remover a gordura no fígado em 5 dias e limpar o teu intestino preso no mesmo dia



O fígado é um dos órgãos do sistema digestório mais importantes para a digestão porque ele tem a função de metabolizar e armazenar nutrientes, que só ficam prontos para serem absorvidos e utilizados pelo organismo após passarem por ele.

O fígado é considerado um órgão, mas ao mesmo tempo é uma glândula, possui cerca de 20 cm de largura e pesa, geralmente, mais de 1 kg. Ele se localiza na parte superior direita do abdômen muito próximo do estômago e é subdivido em 4 lobos: direto, esquerdo, caudado e quadrado.

A gordura no fígado, também conhecida por esteatose hepática, normalmente não provoca sintomas nos graus mais leves da doença, e por isso é comum a doença ser descoberta quando o paciente faz exames para avaliar outros problemas de saúde.

O acúmulo de gordura no fígado geralmente não é uma situação grave, mas quando não é devidamente tratada, pode gerar perda de funcionamento das células e cirrose, podendo ser necessário fazer um transplante de fígado.

Sintomas de que se está com gordura no fígado

Normalmente o excesso de gordura no fígado não causa sintomas diretamente associativos. No entanto, pode apresentar quadros de fadiga e até mesmo alargamento da área do fígado, de forma a ser percebida na parte externa. Quando há excesso de gordura no fígado, o mesmo pode inflamar e ficar extremamente inchado, causando dores e desconfortos. Um médico geral será capaz de detectar este quadro com um simples exame físico.

Quando acontece inflamação por causa da gordura no fígado, a pessoa tende a perder peso por falta de apetite, e pode também apresentar muita fraqueza e dores abdominais.

Causas da gordura no fígado

Como o fígado é o órgão responsável por processar todos os alimentos e líquidos ingeridos por nós, a gordura no fígado é muito comum em pessoas que sofrem com o alcoolismo ou mesmo naquelas que bebem demais (de forma quase eventual).

A gordura se armazena, pois, o fígado se torna incapaz de processar o que está sendo ingerido, começando a armazenar as células de gordura e a prejudicar seu processamento.


Embora o alcoolismo e o consumo excessivo de bebidas sejam as causas mais evidentes de gordura no fígado ou esteatose, há diversos outros fatores que também podem ocasionar este quadro (que em estágios avançados tende a ser fatal para a saúde).

Além do alcoolismo já citado, dentre as causas mais comuns da gordura no fígado (ou até mesmo “fígado gorduroso”) estão a diabetes, efeitos colaterais de alguns medicamentos como esteroides, aspirina, tetraciclina, hiperglicemia e principalmente a obesidade.

As causas mais comuns do fígado gorduroso são:

Alcoolismo
Obesidade
Alta ingestão de açúcar e doces
Consumo de medicamentos (em geral não recomendados) como aspirina ou mesmo esteroides no caso de atletas
Receita para remover a gordura no fígado

Ainda que o médico possa prescrever alguns medicamentos, serão mais eficientes se os acompanhamos com uma mudança na dieta. Aqui revelaremos uma receita natural que ajuda na remoção da gordura no figado.

Ingredientes:

2 limões
2 beterrabas médias
1 cenoura
2 xícaras de água
1 colher sopa de mel (opcional)
Preparação e uso:

A primeira coisa que vamos fazer é lavar bem as nossas beterrabas cruas, por ser a casca deste vegetal muito fina, não será necessário descascá-la, vamos cortá-la em pequenos quadrados, colocar no liquidificador com a cenoura e as duas xícaras de água uma vez liquidificado, coe e adicione o suco dos limões. Não acrescente açúcar, se quiser adoçar pode usar mel.

Meia hora antes da principal refeição do dia (geralmente o almoço). Basta um copo desse suco ao longo de 5 dias para depurar o fígado. Depois, descanse 10 dias e volte a fazer o procedimento. Assim obteremos um delicioso tesouro natural de nutrientes para a saúde.

Contraindicações

Não foram encontradas contraindicações e efeitos colaterais nas literaturas consultadas, desde que se observe as doses máximas de consumo. Sempre procure orientação médica antes de consumir medicamentos, mesmo que naturais.

Esperamos que esta informação tenha sido muito útil. Compartilhe este artigo com seus amigos. Se você deseja que seus contatos também se beneficiem, compartilhe essas informações com os seus contatos, amigos e familiares.

Nota Importante:

As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. Este blog tem a finalidade de lhe ajudar, mas não substituir o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu


Você também vai gostar: