Controle sua tireoide com Iodo! Saiba como ela influencia a saúde de seu organismo e a importância do iodo nesta glândula.


Só quando chega a hora em que é confrontado com alguma disfunção nela é que você ficará preocupado. Na realidade, quando se trata da nossa saúde, prevenir e estar bem informado ou esclarecido são armas mais que suficientes para combater certos males do nosso corpo.

A tireoide é uma glândula endócrina e é mesmo uma das maiores do corpo humano. Ela tem um papel preponderante no bom funcionamento de seu organismo e encontra-se localizada na zona frontal do seu pescoço.

Esta glândula é responsável por produzir hormônios T3 (tri-iodotironina) e T4 (tiroxina) que abrangem todo o sistema metabólico. As células são estimuladas pelo hormônio da hipófise (TSH), dando origem aos hormonios tireoidianos.  Eles atuam no sistema nervoso e cardiovascular, mas também no desempenho dos rins e do sistema respiratório. Estes têm como função principal regular o nosso metabolismo. Contudo, havendo falhas nesta tarefa, é certo e sabido que irão aparecer doenças associadas à tiroide.

Ocorrendo problemas na tireoide é natural que seu corpo se ressinta, podendo causar subida no peso, alterações menstruais, cansaço, unhas quebradas, cabelos secos, desequilíbrios intestinais, constipação ou ansiedade fora do controle.

Você deve vigiar o aparecimento destes sintomas. Por isso, faça uma consulta periódica com o seu médico, que lhe vai pedir exames de sangue para identificar alguma alteração nesta glândula. Iniciar tratamentos precocemente é uma maneira de poder resolver seus problemas de tireoide de forma mais eficiente.

No entanto, saiba que se aumentar a quantidade de iodo que ingere em seu regime alimentar, pode beneficiar muito esta glândula. Geralmente o iodo ajuda a libertar os hormônios T3 e T4 e está presente nos seguintes alimentos: sal iodado, carnes defumadas, maionese, pães industrializados, embutidos, frios, enlatados, conservas, frutas enlatadas, gema de ovo, molho de soja, peixes e frutos do mar, algas, cereais em caixas, laticínios, agrião, aipo, couve de Bruxelas, repolho e frutas enlatadas.

Com base nesta informação, você já sabe o que pode fazer para evitar problemas relacionados com a famosa e importante glândula.

O iodo é uma substância tão importante que, em tempos, houve um decreto-lei que exigia que as empresas alimentares juntassem quantidades maiores de iodo ao sal, a fim de prevenir maleitas da tireoide. O Dr. Geraldo Medeiros, professor universitário e presidente do Instituto da Tireoide, garante que a falta desta substância é um problema de saúde pública, pois promove o aparecimento de casos de bócio em toda a população. Além disso, aumenta também o risco de nascimento de crianças com distúrbios da tireoide e fraqueza mental



Você também vai gostar:

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*